Print

Tudo que você precisa saber sobre surdez

Perda auditiva: não estamos sozinhos

A perda auditiva é algo comum. Na verdade, mais de 400 milhões de pessoas em todo o mundo possui algum tipo de problema auditivo.
 
E ainda assim você pode dizer: "Eu não sou o tipo de pessoa que usa um aparelho auditivo." Porém, atualmente, eles são muito diferentes dos tipos que você lembra. Na verdade, usar um aparelho auditivo hoje é semelhante a usar óculos ou fones de ouvido sem fio estilosos.

 

Definição de perda auditiva

Em poucas palavras, a perda auditiva é a diminuição na capacidade de ouvir bem. Pode ser súbita ou gradual, dependendo da causa. E apesar da perda auditiva poder afetar qualquer pessoa a qualquer momento, é mais comum estar relacionada ao processo de envelhecimento. 

Embora seus ouvidos recebam os sons, é o seu cérebro que efetivamente os compreende. Esperar muito tempo antes de tratar, até uma leve perda auditiva, pode fazer seu cérebro perder a capacidade de processar certos sons. Isso significa que cuidar da sua audição ajuda a manter seu cérebro funcionando de forma saudável. E, claro, ouvir é uma parte essencial de se conectar com as pessoas queridas e desfrutar da vida. 

É curioso, mas você pode não ser a primeira pessoa a notar sua perda auditiva. Frequentemente, são as pessoas ao seu redor que detectam antes de você. Elas notam que têm que repetir o que dizem, que você aumenta o som de tudo ou que não está participando tanto quanto poderia. Todas elas estão interessadas em se conectar e desfrutar da vida com você. Por que não voltar a entender as coisas ao invés de perder tudo isso?

Saiba mais sobre perda auditiva

 

Não espere mais

As pessoas com perda auditiva esperam, em média, sete anos antes de buscar uma solução. Pense em quantas palavras, sons e diversão você perdeu. Então não espere mais. Faça um teste auditivo hoje mesmo e desfrute o máximo da vida. Soa bem?

 

 

Três passos para melhorar sua audição

Tratar a perda auditiva é a melhor maneira de voltar a uma vida normal e sentir-se confiante e à vontade em ambientes sociais, desfrutando dos sons ao redor.